Cidade terá 400 jardins de chuva até 2024 para reduzir alagamentos – 25 NEWS
segunda-feira, 27 maio, 2024

Cidade terá 400 jardins de chuva até 2024 para reduzir alagamentos

Além de coletar e 'segurar' as águas, os jardins contribuem para deixar a cidade mais florida e atrai mais pássaros

Cidade terá 400 jardins de chuva até 2024 para reduzir alagamentos e aumentar a cobertura vegetal

Além de coletar e ‘segurar’ as águas, os jardins contribuem para deixar a cidade mais florida e atrai mais pássaros

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, esteve na manhã desta quarta-feira na região de Capela de Socorro para fazer vistoria em três jardins de chuva. Já são 163 desses equipamentos na cidade para ampliar a permeabilidade do solo e minimizar os efeitos de alagamentos, auxiliando no escoamento das águas das chuvas. Segundo o prefeito, até o final de sua gestão, serão 400 jardins de chuva em toda da cidade. Somente neste ano, já foram entregues 47. “Além de aumentar as áreas de drenagem e deixar a cidade mais bonita, com os jardins, elevamos o índice de cobertura vegetal no município”, disse o prefeito.

De 2017 até o momento, a Prefeitura de São Paulo entregou 163 jardins de chuva, sendo os três últimos em Capela do Socorro: Na av. Atlântica, altura do nº 6602; av. Dona Belmira Marin, altura do nº 5135 e no Largo do Socorro, em frente ao nº 86. Na opinião de Ricardo Nunes, a obra é aparentemente simples, em comparação à construção de piscinões. “E por sem em várias áreas pela cidade, tem uma eficiência muito boa”, explicou o prefeito.

Clique: Você conhece os jardins de chuva da Sé? | Subprefeitura Sé | Prefeitura da Cidade de São Paulo

Ou Scannear o Qr Code

 

 

Os jardins de chuva são construções que têm como objetivo ampliar a permeabilidade urbana, minimizar os efeitos do escoamento superficial e reter a água por meio de jardins de retenção hídrica. Além de coletar e ‘segurar’ as águas, os jardins contribuem para a minimização dos efeitos de enchentes e alagamentos e deixa a cidade mais florida e atrai mais pássaros.

Os jardins também filtram os poluentes da água da chuva por meio da vegetação, evitando, assim, que entre nos bueiros sem tratamento e flua para rios e córregos. A constituição de quase todos os jardins tem como regra a “inversão” do que se faz com uma rua, ou seja, ao invés de se ter a base o asfalto ou concreto como material; se tem a terra.

Outras intervenções com a mesma função de captação de água são as vagas verdes, biovaletas, escadarias verdes, poços de infiltração, land art e bosques de conservação urbana

Fonte:SECOM

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze − oito =

lateral 2 Banner Precisando divulgar? LIT
pace il mondo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist