Subprefeitura da Sé retira pelo menos 35 toneladas de lixo e materiais de uso permanente na Praça Princesa Isabel. – 25 NEWS
quinta-feira, 22 fevereiro, 2024

Subprefeitura da Sé retira pelo menos 35 toneladas de lixo e materiais de uso permanente na Praça Princesa Isabel.

Doze caminhões foram carregados com madeira, lonas, sofás que estavam montados em local público nas primeiras horas da ação, realizada de acordo com as regras do 59.246/2020 que preserva artigos de uso pessoal e coíbe a ocupação permanente de áreas públicas. Zeladoria urbana foi acompanhada por técnicos da SMADS e precedida por mais de 1,8 mil abordagens e mais de 230 encaminhamentos sociais e terapêuticos.

SubPrefeitura da Sé retira pelo menos 35 toneladas de lixo e materiais de uso permanente na Praça Princesa Isabel em ação de zeladoria

Doze caminhões foram carregados com madeira, lonas, sofás que estavam montados em local público nas primeiras horas da ação, realizada de acordo com as regras do 59.246/2020 que preserva artigos de uso pessoal e coíbe a ocupação permanente de áreas públicas. Zeladoria urbana foi acompanhada por técnicos da SMADS e precedida por mais de 1,8 mil abordagens e mais de 230 encaminhamentos sociais e terapêuticos.

A Prefeitura, por meio da Subprefeitura da Sé, tendo a frente o Coronel Sales, retirou pelo menos 35 toneladas de lixo e produtos que caracterizam a ocupação permanente do espaço mais foi programada depois de as equipes de serviço social e terapêutico da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) e do Programa Redenção realizarem mais de 1,8 mil abordagens e de 230 encaminhamentos de assistência social e terapêutica com pessoas em situação de rua e com dependência química.
Desde as 8h de hoje, as equipes da Subprefeitura da Sé recolheram madeiras, lonas, sofás e lixo que lotaram 12 caminhões e somam pelo menos 35 toneladas. Esses materiais e produtos, além de serem inflamáveis, caracterizam permanência no espaço público, o que é vedado pelo Decreto 59.246/2020.
Além das abordagens e atendimentos, as pessoas em situação de rua e os usuários de drogas foram oficialmente avisados com antecedência por meio dos técnicos da SMADS e do Programa Redenção e, também, de um folheto informativo. Na região da Luz Nessa região, equipes de orientadores socioeducativos do Serviço Especializado de Abordagem Social, da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smads), fizeram no período de 25 a 31 de março, 1.873 abordagens e 232 encaminhamentos, além de 437 orientações.
As atividades da Smads nas praças Princesa Isabel, da República e arredores tem o objetivo de proporcionar acesso aos serviços socioassistenciais e às demais políticas públicas desenvolvidas pela Prefeitura, bem como desencadear o processo de saída das ruas e promover o retorno familiar.
Somente na semana passada, os orientadores registraram 1.873 abordagens no território e realizaram 232 encaminhamentos. Nesses atendimentos foram direcionadas 81 pessoas para tratar de suas documentações, foram feitos 57 direcionamentos para núcleos de convivência e seis para pernoite. Além disso, foram registrados 88 encaminhamentos ao Serviço Integrado de Acolhida Terapêutica (Siat) e efetuadas 437 orientações, etapa muito importante no processo de construção de vínculos com as pessoas em situação de rua.
As informações são fruto de relatórios técnicos, nos quais os orientadores socioeducativos sistematizam o número de pessoas por gênero, especificando cadeirantes, idosos, adolescentes e crianças, assim como o número de barracas, carroças, carrinhos e cachorros. Em caso de aceite, há intermediação do processo de ida dessas pessoas para Centros de Acolhida (em equipamentos da rede socioassistencial ou da rede hoteleira) e para o SIAT, que integra o Programa Redenção.
Apoio – A Secretaria Municipal de Segurança Urbana, por intermédio da Guarda Civil Metropolitana (GCM), informa que na última semana não houve ocorrências atendidas pelas equipes da GCM na região da Luz, sobretudo nas Praças Princesa Isabel e Júlio Prestes, nas Alamedas Cleveland e Alameda Glete e na Rua Helvetia. A GCM prestará apoio aos servidores encarregados da zeladoria urbana.
Esta região conta com o policiamento preventivo, realizado pelas equipes da Inspetoria de Operações Especiais – IOPE, com efetivo de 75 policiais, sendo 50 no período diurno e 25 servidores no período noturno.

SECOM – Prefeitura da Cidade de São Paulo

Telefones:* 3113-8835/ 3113-8831

E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br

Sala de Imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br

 

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × dois =

lateral 2 Banner Precisando divulgar? LIT
pace il mondo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist