Prefeitura amplia políticas públicas para animais com RGA eletrônico – 25 NEWS
quinta-feira, 20 junho, 2024

Prefeitura amplia políticas públicas para animais com RGA eletrônico

Documento obrigatório, agora emitido gratuitamente de forma online, ganha visual mais moderno e atrativo para estimular identificação de animais domésticos

Prefeitura amplia políticas públicas para animais com RGA eletrônico

Documento obrigatório, agora emitido gratuitamente de forma online, ganha visual mais moderno e atrativo para estimular identificação de animais domésticos

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta quinta-feira (11) a versão eletrônica do Registro Geral do Animal (RGA). O documento, que é obrigatório por lei na cidade de São Paulo desde 2001, também foi repaginado para ficar mais atrativo e estimular a identificação dos cães e gatos do município.

O lançamento do RGA Eletrônico aconteceu na sede da União Internacional Protetora dos Animais (UIPA), a ONG mais antiga do Brasil, fundada em 1895, que atualmente funciona em um terreno cedido pela Prefeitura e abriga mais de 600 animais resgatados. De acordo com o prefeito Ricardo Nunes, a cidade de São Paulo busca fortalecer a política pública de proteção animal para atender às demandas da população e facilitar o acesso a elas.

“Estamos numa cidade que gosta e cuida dos seus animais. É necessário manter um olhar especial com todos, como fazem entidades que ajudam na proteção aos animais, como, por exemplo, a União Internacional Protetora dos Animais (UIPA), com 126 anos de existência”, destacou o prefeito.

Lei 13.131/01, de autoria do vereador Roberto Tripoli, estabelece que os tutores de animais residentes no município providenciem, obrigatoriamente, o Registro Geral Animal. “O RGA criou uma identidade para esses animais. Se acharmos um cão ou gato abandonado na rua vamos saber quem é o cuidador e identificar”, explicou o vereador.

 

RGA Eletrônico
O serviço gratuito oferecido pela Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap) funciona como uma carteira de identidade para bichos de estimação e é emitido para cães e gatos com idade superior a três meses.

O documento, timbrado e numerado, apresenta, além dos dados do animal, as informações sobre o tutor. Além disso, o animal registrado recebe uma plaqueta com o número do registro correspondente e deve usá-la permanentemente presa à coleira.

“Agora o tutor terá a facilidade de solicitar o serviço também de forma online e o que é melhor: receberá o RGA em arquivo digital para manter o documento do seu melhor amigo sempre à mão”, avalia a coordenadora da Cosap, Analy Xavier.

Com esta nova carteirinha, totalmente repaginada, espera-se que a população seja estimulada a providenciar a primeira via ou atualizar o os registros já existentes para receber o novo modelo.

“É fundamental que os tutores façam o RGA e mantenham a plaqueta de identificação em seus cães e gatos. Muitos animais perdidos ou roubados puderam reencontrar suas famílias porque estavam com a plaqueta de identificação presa à coleira”, pontua Analy.

O munícipe que preferir pode solicitar o serviço presencialmente. Para isso, é necessário comparecer a uma das praças de atendimento da prefeitura e apresentar os documentos necessários.

Participaram também do evento a primeira-dama do município, Regina Nunes, o secretário de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós, o secretário-adjunto da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, o subprefeito da Mooca, Danilo Antão Fernandes, o diretor do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação da SMS, Felipe Soares Neves, a diretora de Redesenhos e Transformação Digital de Serviços Públicos da Smit, Taís Pelinson, a assessora técnica e médica veterinária da Cosap, Telma Rocha Tavares, a assessora técnica da SMS Helena Zaio, e a analista de Negócios do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação da SMS, Meire Ellen Sateles Novaes.

 

População de animais domésticos
De acordo com a última estimativa populacional de animais domésticos (cães e gatos), realizada em 2015, a cidade de São Paulo conta com 2.684.771 animais domiciliadosConfira o estudo na íntegra. Já o Sistema de Informação e Controle de Animais Domésticos (SICAD), da Secretaria Municipal de Saúde, conta com 2,1 milhões de registros de RGA.

Além da implantação do RGA Eletrônico, a meta 65 do Programa de Metas da Prefeitura de São Paulo estabelece que o município realize um novo levantamento de dados da população canina e felina da cidade.

Neste sentido, o RGA eletrônico também contribui para que a Prefeitura faça este novo estudo, ação de fundamental importância para ajustar políticas públicas adequadas, como por exemplo, a Campanha Anual de Vacinação Contra a Raiva e o Programa de Controle Reprodutivo de cães e gatos.

Serviço

Documentos necessários:

  • RG e CPF do tutor;
  • Comprovante de residência atualizado em nome do tutor (emitido nos últimos 90 dias);
  • Foto do animal
  • Comprovante de vacinação contra raiva, quando houver.

O serviço é gratuito

A solicitação pode ser feita online por meio do Portal SP156. Se for feita de forma presencial, é necessário agendar horário em uma das 17 praças de atendimento municipais. Mais informações pelo telefone 156.

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dez + 6 =

lateral 2 Banner Precisando divulgar? LIT
pace il mondo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist