Projeto Ruas SP: isenção da taxa para bares e restaurantes é renovada por mais seis meses – 25 NEWS
sexta-feira, 24 maio, 2024

Projeto Ruas SP: isenção da taxa para bares e restaurantes é renovada por mais seis meses

Comerciantes estão liberados da cobrança pelo uso do espaço público até abril de 2022. Iniciativa contribui para a retomada econômica da cidade de São Paulo

Projeto Ruas SP: isenção da taxa para bares e restaurantes é renovada por mais seis meses

Comerciantes estão liberados da cobrança pelo uso do espaço público até abril de 2022. Iniciativa contribui para a retomada econômica da cidade de São Paulo

Para seguir contribuindo com a retomada econômica do setor de bares e restaurantes, a Prefeitura de São Paulo renovou por mais 180 dias, a isenção de pagamento do Termo de Permissão Eletrônica (TPE) para os estabelecimentos participantes do Projeto Ruas SP. O benefício tem prazo até 20 de abril de 2022 e foi concedido por meio do Decreto nº 60.657/2021. Veja a publicação no Diário Oficial clicando aqui.

O Ruas SP é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) que permite que bares e restaurantes ampliem seus espaços de atendimento ao ar livre, usando a faixa da rua destinada ao estacionamento de veículos e respeitando todos os protocolos sanitários. O TPE é a licença emitida pela Prefeitura para os estabelecimentos autorizados a participarem do projeto. Publicado no último sábado (22), o novo Decreto alterou o Decreto nº 60.197/2021, que havia estabelecido a isenção de taxa para o uso do espaço público por seis meses.

A renovação do prazo do TPE é mais uma medida da Prefeitura para ajudar na retomada econômica da cidade, após o período de restrições causado pela pandemia do novo coronavírus. É interesse do município garantir o maior número de participantes ao Ruas SP, uma vez o projeto oferece à população espaços de convivência ao ar livre, onde é menor o risco de transmissão da Covid-19.

Apesar de a Prefeitura não cobrar taxa pela adesão ao Ruas SP, o custo para implantação do mobiliário é dos estabelecimentos. Para ajudar a viabilizá-lo, a Prefeitura autorizou a inserção de marcas e logotipos de patrocinadores em mesas, cadeiras e guarda-sóis, respeitando as regras da Lei Cidade Limpa (Lei nº 14.223/2006).

A fiscalização do uso dos espaços públicos é de responsabilidade das Subprefeituras. Todavia, cabe a cada proprietário garantir o cumprimento de todas as exigências de segurança sanitária e social. O abandono, a desistência ou o descumprimento das obrigações estabelecidas em decreto farão com que o responsável tenha que restaurar o logradouro público ao seu estado original.

Até o momento, a cidade possui 123 bares e restaurantes aprovados a participarem do Projeto Ruas SP. Eles receberam o aval da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL), após apresentarem projetos de instalação do mobiliário para o atendimento ao ar livre.

Os estabelecimentos estão localizados em algumas das 171 vias autorizadas, até o momento, a receber o Projeto Ruas SP por atenderem às exigências estabelecidas na legislação, como possuir faixa de rua destinada ao estacionamento de veículos para instalação de mesas e cadeiras, não ocupar faixas exclusivas de ônibus, ciclovias ou ciclofaixas e não estar localizado em via de grande fluxo de veículos. A Prefeitura está definindo novos logradouros de forma progressiva, observando as condições sanitárias, técnicas e sociais existentes na cidade.

Página Ruas SP

Para saber mais sobre o projeto, conferir as etapas necessárias para solicitar a adesão, consultar as vias aprovadas, conferir a legislação completa e muito mais, acesse o site da SMUL

Fonte:De Secretaria Especial de Comunicação

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vinte − 3 =

lateral 2 Banner Precisando divulgar? LIT
pace il mondo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist