“Brasil e China: Uma parceria além do comércio”. Thomas Law participa do evento na Câmara dos Deputados em Brasília – 25 NEWS
quarta-feira, 17 abril, 2024

“Brasil e China: Uma parceria além do comércio”. Thomas Law participa do evento na Câmara dos Deputados em Brasília

 

Nesta terça-feira (14), no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, ocorreu o evento “Brasil e China: Uma parceria além do comércio”. A iniciativa foi realizada pela Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio Internacional e do Investimento (FrenComex) e pelo Comitê de Crise do Covid-19 do Congresso, em parceria com o Instituto SocioCultural Brasil-China (Ibrachina).

Na mesa de honra estavam os deputados federais Evair de Melo (PP/ES), anfitrião do evento, Ricardo Barros (PP/PR) e a deputada federal Clarisse Garotinho (PROS/RJ). Também estavam os senadores Izalci Lucas (PSDB/DF) e Nelsinho Trad (PSD/MS), além do general Luiz Ramos, ministro da Secretaria-Geral da Presidência. Representando a sociedade civil, estavam Thomas Law, presidente do Ibrachina, e Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria – CNI, e João Martins, vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA),

O ministro Jin HongJun, representando a embaixada da China no Brasil, participou virtualmente lendo a carta redigida pelo embaixador Yang Wanming, destacando o compromisso do governo chinês de estar ao lado do governo brasileiro no combate ao novo coronavírus.

Durante a cerimônia, foi formalizado, no âmbito do Congresso Nacional, o anúncio das comemorações do Ano Novo Chinês com o Selo Comemorativo desenvolvido pelos Correios, além do lançamento do calendário dos eventos sino-brasileiro. Também foi apresentada a Medalha Ibrachina, uma honraria que tem como objetivo reconhecer a importância do imigrante chinês e o intercâmbio cultural e comercial entre Brasil e China.

Evair de Melo, presidente da FrenComex e vice-líder do governo, destacou que o apoio da China foi fundamental, tanto no início da crise sanitária, com a doação de EPIs quando os produtos estavam escassos no Brasil, passando pelos IFAs e vacinas, que possibilitaram ao Brasil combater de maneira mais eficaz o novo coronavírus.

Thomas Law, que também é vice-presidente do conselho consultivo do Comitê de Crise do Convid-19 do Congresso, destacou a importância do trabalho em conjunto de Brasil e China, num momento de dificuldade, mostrando que os laços de amizade entre os países são profundos. “Ficamos felizes pela oportunidade de unir as autoridades e a sociedade civil organizada, empresários e o sistema OAB. Sem esquecer do apoio fundamental da Embaixada da China, que nos acompanhou o tempo todo”, assegurou

Na ocasião, Thomas Law e Evair de Melo também receberam a Medalha Juscelino Kubitschek.

Destaque para a colaboração bilateral

Em sua fala, o general Ramos enfatizou que “não existe futuro nas relações exteriores do Brasil sem a participação da China, em todas as áreas. Todos os IFAs que precisamos, a China enviou. A importância da China é primordial para o progresso e o futuro da nossa nação”.

Parte do evento constitui-se da outorga da Moção Honrosa de Gratidão e Reconhecimento Nacional e o Mérito Sino-brasileiro de Responsabilidade Social e Humanitária, juntamente com a Medalha Ibrachina.

Foram homenageadas 12 províncias e 15 cidades da China, além de 12 organizações hospitalares e 30 empresas chinesas que contribuíram com o Brasil em diferentes momentos da crise sanitária que perdura há dois anos.

Foram destacadas as doações feitas por esses órgãos públicos e empresa privadas de equipamentos médico-hospitalares, oxigênio, alimentos e quantias em dinheiro para diferentes regiões brasileiras desde o início da pandemia.

Além disso, muitos profissionais médicos e representantes do governo chinês realizaram videoconferências para que houvesse uma troca de experiências e compartilhamento de estratégias no combate ao covid-19.

No mesmo sentido, destacou-se a atuação de diversos órgãos públicos, como a secretaria de governo, a FAB e a Anvisa, fundamentais para que as remessas de bens vindos da China pudessem ajudar a salvar vidas nos momentos mais difíceis da crise sanitária.

Assista na íntegra:

COMPARTILHA

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 − 2 =

lateral 2 Banner Precisando divulgar? LIT
pace il mondo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist