Hotel desapropriado pela Prefeitura será residência para 121 famílias na região central da cidade – 25 NEWS
quinta-feira, 20 junho, 2024

Hotel desapropriado pela Prefeitura será residência para 121 famílias na região central da cidade

Hotel desapropriado pela Prefeitura será residência para 121 famílias na região central da cidade

Para o empreendimento localizado na avenida Nove de Julho, a Prefeitura investiu, em 2011, R$ 6,58 milhões do Fundo Municipal de Habitação.

 

Nesta quinta-feira (12), 121 famílias da cidade de São Paulo assinaram contrato com a Caixa Econômica Federal para receberem as suas unidades habitacionais no Residencial Cambridge. O prédio, onde funcionava o Hotel Cambridge na região central, foi desapropriado pela Prefeitura em 2011, num investimento de cerca de R$ 6,58 milhões com recursos do Fundo Municipal da Habitação.

O empreendimento faz parte do programa Minha Casa Minha Vida — Entidades e está localizado na Avenida Nove de Julho, uma das vias mais importantes da capital paulista. O Edifício possui 121 unidades habitacionais, sendo 85 delas do tipo conjugado (27,31m² a 43,89m²) e 36 unidades do tipo 01 dormitório (8,10m² a 57,25m²). O projeto do Edifício Cambridge contempla dois elevadores, área de lazer coberta, bicicletário e depósito de uso condominial no térreo. Os recursos para as obras são do governo federal no valor de R$ 16,33 milhões.

O evento de assinatura dos contratos teve a participação do presidente da Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab-SP), Alexsandro Peixe Campos que comentou a felicidade dos futuros moradores em confirmar seu apartamento. “É gratificante começar o ano vendo tantas famílias realizarem o sonho da casa própria. Vamos trabalhar mais e mais para dar moradias a quem precisa e transformar a vida dessas milhares de pessoas da cidade de São Paulo”, disse Peixe.

Hotel Cambridge

Antes de ser destinado à Habitação de Interesse Social, no início da década de 1950, o Edifício funcionava como um hotel luxuoso que abrigou diversos artistas internacionais. O hotel fechou em 2002, deixando aberto apenas a área em que funcionava o bar. Entretanto, após dois anos, o local faliu e acabou abandonado. Em 2011, a Prefeitura de São Paulo adquiriu o documento da emissão de posse do prédio e destinou para a criação de moradia popular.

 

SECOM – Prefeitura da Cidade de São Paulo

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vinte − 15 =

lateral 2 Banner Precisando divulgar? LIT
pace il mondo

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist